CUIABÁ

TECNOLOGIA

Melhores jogos da semana até R$ 50 para PlayStation, Xbox, Switch e PC

Publicados

TECNOLOGIA

source
Veja os melhores jogos em promoção nesta semana
Reprodução

Veja os melhores jogos em promoção nesta semana

As lojas virtuais de games estão com várias promoções ativas nesta semana. Em meio às centenas de ofertas, há títulos excelentes com descontos agressivos, como o aclamado RPG japonês Persona 5 e a coleção da franquia Batman Arkham. Nas linhas a seguir, trazemos os quatro melhores jogos que você pode comprar por até R$ 50 nesta semana, com um breve resumo de cada um deles.

Persona 5 (2017) – R$ 39,95

Na loja do PlayStation, o aclamado RPG japonês Persona 5 sai por R$ 39,95 até 26 de maio. Com combates em turnos, você deve assumir uma identidade secreta e se unir a uma equipe de ladrões fantasmas adolescentes. Sua missão é purificar o coração de adultos corruptos, com ajuda de espíritos mágicos e poderosos — os Personas.

Enquanto não estiver lutando para salvar e libertar jovens que estão sendo escravizadas por pessoas tóxicas, você deve viver a realidade de um estudante comum do ensino médio. É importante criar vínculos com outros alunos e fortalecer esses relacionamentos no processo.

Até mesmo quem não gosta de RPGs tradicionais baseados em turnos se apaixona pela franquia Persona. Se você tem um PS4 ou PS5 em casa, esse jogo é mais que obrigatório para o seu catálogo.

Leia Também:  Feriado de Semana Santa deve ter chuva e temperatura de 13ºC em SP

Confira mais ofertas ativas na PlayStation Store.

Batman: Arkham Collection (2018) – R$ 23,80

Na loja do Xbox, a coleção da franquia Batman Arkham está custando apenas R$ 23,80 até 16 de maio. Esse pacote inclui três jogos completos do Morcegão, Batman: Arkham Asylum, Arkham City e Arkham Knight. Ah, a coletânea também libera todos os DLCs lançados para os games até hoje.

Para quem gosta de jogos de ação ou simplesmente é fã do Cavaleiro das Trevas, a trilogia Arkham é um prato cheio. Os games da Rocksteady contam histórias inéditas do Batman e trazem jogabilidade de alta qualidade, com combos de golpes de artes marciais, movimentação rápida e equipamentos variados para usar.

Confira mais ofertas ativas na Xbox Store.

Wolfstride (2021) – R$ 26,99

Na eShop do Nintendo Switch, o RPG brasileiro Wolfstride está saindo por R$ 26,99 até 18 de maio. Ele é inspirado em mangás retrofuturistas e traz batalhas em turnos. A história gira em torno de um trio de ex-criminosos que participam de torneios de luta entre robôs gigantes para ganhar muito dinheiro.

Wolfstride também chama atenção com suas batalhas de robôs gigantes, personagens carismáticos e trilha sonora em jazz que relaxa. Por ser produzido por brasileiros, o jogo está em português e conta com diversas referências ao nosso país.

Leia Também:  Meta vai monitorar conteúdo sobre eleições no Facebook e Instagram

Confira mais ofertas ativas na Nintendo eShop.

Prey (2017) – Grátis!

No PC, o jogo de terror Prey pode ser resgatado de graça na Epic Games Store até 19 de maio. Nesta semana, você não precisa pagar nada para levar vários sustos explorando uma estação espacial tomada por alienígenas. O melhor de tudo é que uma vez resgatado, o jogo fica na sua biblioteca para sempre.

O jogo se passa no ano de 2032 e te coloca a bordo de Talos 1, uma estação espacial responsável por uma série de experimentos durante sua órbita na Lua. A situação fica perigosa quanto alienígenas tomam o controle da nave e tentam te matar.

Assim como em outros games de sobrevivência, Prey oferece diversas ferramentas, armas e habilidades úteis durante a campanha. O jogo é bastante aclamado pela crítica e acumula nota 82 no Metacritic.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Sentimos falta de uma internet que não existe mais

Publicados

em

Por

source
Orkut traz nostalgia para quem viveu a internet dos anos 2000
Tecnoblog

Orkut traz nostalgia para quem viveu a internet dos anos 2000

Em seus tempos de glória, o Orkut tinha cerca de 300 milhões de usuários no mundo todo. Lançada em janeiro de 2004 nos Estados Unidos, a rede social testemunhou uma invasão de brasileiros já nos meses seguintes. Quando ganhou sua versão em português, em maio de 2005, o Brasil já era responsável por mais de 60% dos perfis cadastrados na plataforma.

Pouco mais de dez anos após sua criação, em junho de 2014, o Orkut foi descontinuado, e o mundo seguiu em frente. Mas, para aqueles que aprenderam o que era a internet através de scraps, depoimentos e comunidades, a lembrança do Orkut jamais se apagou.

Então, quando ninguém esperava, o site do Orkut foi atualizado com um comunicado de seu criador, Orkut Büyükkökten . Nele, além de celebrar a memória da rede que levou seu próprio nome, ele compartilhava uma informação curiosa: a de que está “construindo algo novo”.

Uma onda de nostalgia pelo Orkut se iniciou. Vale a pena pensar um pouco sobre ela.

Nostalgia é mais do que apenas saudade

Na origem da palavra “nostalgia” está uma forte melancolia. É uma tristeza profunda causada pelo afastamento da terra natal. Quando estamos nostálgicos, portanto, não estamos apenas com saudade. O sentimento é mais profundo, e nasce de um incômodo pela distância daquilo que consideramos familiar.

Leia Também:  Prime Gaming de abril traz oito jogos, incluindo The Elder Scrolls

Pesquisas no campo da psicologia tentam entender melhor como a nostalgia afeta os seres humanos. Alguns estudos sugerem que, apesar de estar muito ligada à tristeza, essa emoção costuma ter um efeito positivo. O processo nostálgico começa com a melancolia por algo familiar que não está mais presente, mas resulta em melhoras no humor, bem-estar e otimismo.

Em outras palavras, a nostalgia faz com que as pessoas se sintam bem. Não é à toa, portanto, que ela se tornou um ativo tão importante. Os maiores exemplos estão na cultura pop: uma multidão de revivals e reboots de obras clássicas, cuja razão de ser está puramente no sentimento nostálgico.

Voltando ao assunto do Orkut, os motivos de nossa nostalgia precisam ser questionados. Se o sentimento nasce de um anseio pela terra natal, podemos dizer que essa terra é apenas o Orkut?

Tempos em que a internet era jovem, e nós, jovens na internet

Uma hipótese mais provável é que o Orkut represente uma época. A ele, somam-se outras plataformas que marcaram um certo momento da internet. Conversar pelo MSN, acessar fotologs, ler e descobrir novos blogs; todas essas coisas fizeram parte da vida de milhões de pessoas, junto com o uso diário do Orkut.

Esse terreno familiar é um conjunto de ferramentas que consolidou, para muitos de nós, o que significava a internet. Entrar em contato com outras pessoas e perspectivas, descobrir os elementos que viriam a constituir gostos pessoais duradouros, tudo isso aliado à ausência dos algoritmos e discussões inflamadas que caracterizariam as redes sociais nos anos seguintes. A nostalgia nos convida a olhar para essa internet que tanto amamos — e que não existe mais.

No entanto, precisamos de cuidado para não cair na armadilha da idealização do passado. O Orkut tinha sua leva de comunidades problemáticas, algumas inclusive fazendo apologia ao crime. Muitas das discussões sobre moderação de conteúdo que reverberam atualmente se aplicavam a esse espaço tão amado. Por isso, se o Orkut voltar de alguma maneira, é importante saber desde já: ele não será como antes. Não é possível recriar o passado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA