CUIABÁ

POLÍCIA

Investigado por homicídios em Sinop é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicados

POLÍCIA

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil em Sinop prendeu na tarde desta sexta-feira (13.05) um dos investigados por envolvimento em dois homicídios ocorridos recentemente no município, cujos corpos foram ocultados em pontos diferentes da cidade e localizados no dia seis de maio.

A investigação conduzida pela Divisão de Homicídios aponta a participação do suspeito, que foi preso no Setor Industrial Sul. Ele será autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. O delegado responsável pelo inquérito, Bráulio Junqueira, encaminhará representação à Justiça pela prisão preventiva.

Durante toda a semana, os investigadores monitoraram a residência do investigado e nesta sexta-feira, quando chegava em sua residência foi abordado e localizada com ele uma pistola calibre 9mm. Diante da situação de flagrante, o suspeito foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil.

A pistola apreendida é compatível com o calibre utilizado na morte das vítimas Igor Sassaki e Jeovani Kruger. A arma será submetida a exame de balística.

Localização dos corpos

Jeovani Kruger da Costa, 28 anos e Igor Gonçalves Sassaki, de 30 anos, foram encontrados no dia 06 de maio, em diferentes pontos da cidade.

Leia Também:  Rio: polícia faz retrato falado de acusado de estupro na Sapucaí

Jeovani foi localizado em uma região conhecida como Rio Quinze, às margens da BR-163. A vítima estava com as mãos amarradas, apresentava sinais de tortura e lesões na cabeça e perfurações no crânio.

Igor foi torturado e teve o seu veículo queimado pelos criminosos. O corpo foi localizado na zona rural do município, durante diligências realizadas pelos policiais da DHPP de Sinop.  

As investigações iniciaram após receber informações sobre a localização de uma motocicleta incendiada, no bairro Vila Toscana II, que estava  em nome da vítima. Como o proprietário da motocicleta não foi localizado, a equipe de investigação iniciou levantamentos e conseguiu chegar a uma região de mata, onde encontraram poças de sangue, cápsulas de calibre 9mm,  fios utilizados para amarrar a vítima, além do lacre de tornozeleira eletrônica utilizada por Igor.

No primeiro momento, o corpo não foi localizado. Os policiais iniciaram a varredura da região e, a aproximadamente 200 metros de distância dos objetos, avistaram um monte de capim amassado, com terra aparentemente mexida. Os policiais começaram a escavação e encontraram o corpo da vítima.

Leia Também:  Polícia Civil prende jovem e apreende dois adolescentes com grande quantidade de maconha
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Criminoso procurado pela Justiça é preso por conduzir veículo embriagado em Aripuanã

Publicados

em

Por

Um homem considerado de alta periculosidade e foragido da Justiça, foi preso pela Polícia Civil, na noite de sábado (21.05), no município de Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá), conduzindo veículo automotor sob influência de bebida alcóolica e sem possuir CNH.

O suspeito de 29 anos, integrante de facção criminosa e com extensa ficha criminal, foi autuado em flagrante pelos crimes tipificados no Código de Trânsito Brasileito. Contra ele também foi constatado um mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Rondonópolis, que foi devidamente cumprido.

Os policiais civis transitavam por uma avenida de Aripuanã, no bairro Cidade Alta, quando avistaram um carro Fiat Uno com placa da cidade de Botucatu (SP), fazendo manobras arriscadas e colocando a vida de terceiros em perigo.

Na sequência o automóvel parou no meio da pista, com ronco do motor alto e escape estourado, o condutor desceu a pé e foi para o meio da rua fazendo gestos e palhaçadas.

Ao perceber a presença da viatura, o motorista entrou no carro e tentou fugir. Porém ele foi seguido pelos investigadores, sendo feito sinais para que encostasse o veículo. Ao parar o automóvel, o suspeito desceu correndo, atravessando para o outro lado da avenida e entrando em uma distribuidora de bebidas para se esconder.

Leia Também:  Polícia Civil prende criminoso envolvido em roubo de lotérica em Várzea Grande

Ato contínuo o homem foi abordado pelos policiais civis e apresentava visível estado de embriaguez. Entrevistado, o mesmo assumiu que estava bebendo, bem como não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e nem a documentação do veículo. Dentro do carro foi localizado um isopor com gelo, várias bebidas destiladas e energético.

Diante dos fatos, o motorista foi levado até a Delegacia de Aripuanã, onde durante checagem foi constatado que se tratava de um indivíduo de alta periculosidade, inclusive com a prisão preventiva expedida pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis, por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O conduzido foi autuado em flagrante pelo delegado plantonista Bruno França, pelos crimes de dirigir veículo automotor em via pública sem permissão para dirigir ou habilitação, e conduzir veículo automotor sob a influência de álcool ou substância psicoativa. 

Após a confecção dos autos e cumprimento da ordem judicial de prisão, o preso foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA