McLaren confirma assinatura de contrato de fornecimento de motores com a Mercedes



A McLaren confirmou neste sábado a assinatura de um novo contrato de fornecimento de motores com a Mercedes a partir da temporada de 2021, quando o regulamento da Fórmula 1 sofrerá grandes alterações. No ano que vem, a equipe inglesa continuará correndo com motores Renault, cumprindo assim o atual contrato.

– Esse acordo é um importante passo no nosso plano de longo termo de voltar a ter sucesso na Fórmula 1. Mercedes é a referência, tanto como equipe tanto como fornecedora de motores, então é natural que procurássemos um acordo com a companhia para a próxima fase da nossa jornada. Esse anúncio reflete a confiança dos nossos acionistas e é uma importante mensagem para os nossos investidores, nosso time, parceiros e fãs que estamos comprometidos com a volta da McLaren à frente do grid – disse o CEO da McLaren, Zak Brown.

Último título da McLaren foi conquistado em 2008, com Lewis Hamilton e motores Mercedes — Foto: Getty Images
Último título da McLaren foi conquistado em 2008, com Lewis Hamilton e motores Mercedes — Foto: Getty Images

Chefe de equipe, Andreas Seidl lembrou que a McLaren aposta suas fichas na mudança de regulamento (que ainda terá seus detalhes divulgados pela Fórmula 1) para voltar a andar nas primeiras colocações – este ano, o time é o quarto colocado no Mundial de Construtores, mas sem subir ao pódio.

– 2021 será um marco importante para nós, enquanto continuamos nossa luta de volta à frente, por isso é vital que tenhamos os elementos-chave em vigor agora para nos preparar para a nova era do esporte. Esperamos renovar nosso relacionamento com a Mercedes a partir de 2021. Ao mesmo tempo, a Renault continua sendo um parceiro valioso e um concorrente formidável, e estaremos focados em continuar nossa colaboração durante o restante desta temporada e na próxima – disse.

2014 foi a última temporada da McLaren com motores Mercedes — Foto: Divulgação
2014 foi a última temporada da McLaren com motores Mercedes — Foto: Divulgação

Até mesmo o chefão da equipe de Fórmula 1 da Mercedes, Toto Wolff, comentou a parceria com a McLaren e desejou que a equipe possa lutar contra sua própria equipe pelos resultados na parte de cima do grid.

– Temos o prazer de receber a McLaren de volta à família de corridas Mercedes-Benz com este novo contrato de fornecimento de unidades de potência. Embora as duas marcas compartilhem uma história de prestígio, este novo contrato tem tudo a ver com o futuro e o início de uma nova era de fornecimento de unidades de energia para os próximos anos. A McLaren vem colocando em prática os elementos básicos de seu renascimento nas últimas temporadas, incluindo performances impressionantes nesta temporada com o poder da Renault. Esperamos que este novo acordo de longo prazo marque outro marco para a McLaren, pois eles pretendem levar a luta para as principais equipes do esporte, incluindo nossa equipe de trabalho da Mercedes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *