CUIABÁ

ESPORTES

Seleção feminina de futebol está perto do bronze na Surdolimpíada

Publicados

ESPORTES

A seleção feminina de futebol está muito perto de somar mais um bronze no quadro geral de medalhas da 24ª Surdolimpíada. As brasileiras enfrentariam o Japão no sábado (14), às 14h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, mas as japonesas não devem sair da concentração e, com isso, o Brasil conquistaria a vitória por W.O. No entanto, oficialmente, a medalha de bronze será computada apenas no sábado (14), se a desistência das japonesas for confirmada. As competições da Surdolimpíada tem transmissão ao vivo online.

Apesar de não haver um posicionamento oficial do Japão, a alegação para a ausência da partida válida pela fase classificatória, na quarta-feira (11), era uma prevenção de saúde para retornarem em segurança ao país. Desde então, toda a delegação japonesa ficou na concentração.

Se confirmada, esta será a segunda medalha de bronze da seleção feminina na Surdolimpíada. A primeira foi conquistada na edição de 2017, na Turquia. A entrega das medalhas será no domingo (15), após a final entre Estados Unidos e Polônia.

Outras chances de medalhas

Outros brasileiros competiram nesta quinta-feira (12), no atletismo, Romailson Santana conseguiu a classificação para a disputa da semifinal dos 800 metros no Centro Esportivo do SESI a partir das 16h30 desta sexta-feira (13). Ainda no atletismo, Jonas Petry conquistou uma vaga para a final do lançamento de disco, que será disputada no sábado a partir das 17h.

Leia Também:  Corinthians inicia preparação para encarar Deportivo Cali

Nas quadras, a equipe de handebol feminino perdeu a semifinal para a Turquia por 37 a 17 e vai tentar o bronze, no sábado (14), às 10h, diante das quenianas, que foram derrotadas por 31 a 8 pela Dinamarca. O handebol masculino brasileiro derrotou Gana por 33 a 11 e ficou na sétima posição. Já o basquete feminino perdeu para o Quênia por 98 a 11 na disputa do quinto ao oitavo lugar.

Ainda nesta quinta (12), a Ucrânia abriu mais vantagem no quadro de medalhas. Com vitórias no Tiro Esportivo e na Orientação, os ucranianos chegaram a 51 medalhas de ouro, 31 de prata e 34 de bronze, com um total de 116 medalhas. Em segundo vem os Estados Unidos, com 18 medalhas de ouro, 7 de prata e 20 de bronze.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Luiz Henrique garante vitória do Fluminense sobre o Fortaleza

Publicados

em

Por

Graças a um golaço de Luiz Henrique, o Fluminense derrotou o Fortaleza por 1 a 0, neste domingo (22) no estádio do Castelão, e pulou para a 7ª posição do Campeonato Brasileiro. Já o Tricolor do Pici permanece na lanterna da competição após a disputa da 7ª rodada, com apenas um ponto conquistado.

Apesar de a equipe das Laranjeiras alcançar a vitória fora de casa no final, a melhor equipe no gramado do Castelão foi o Fortaleza, que acabou parando na boa apresentação do goleiro Fábio.

Um fator que determinou muito a dinâmica da partida foi o gol de Luiz Henrique, marcado pelo jovem atacante logo aos oito minutos de partida. Nathan lançou o camisa 11, que deixou Capixaba no chão com um corte e depois chutou colocado para superar Max Walef.

Com a desvantagem no placar a equipe comandada por Juan Vojvoda se lançou ao ataque, dando espaços para o Fluminense chegar com perigo em jogadas de contra-ataque.

Na etapa final tanto o Fortaleza como a equipe das Laranjeiras balançaram as redes, mas os gols de Moisés, aos sete minutos, e de Cano, aos 29, foram anulados pelo juiz com auxílio do VAR (árbitro de vídeo). Assim, o placar permaneceu inalterado até o fim.

Leia Também:  Agnes Britchta fez aula de futebol com campeão brasileiro do Botafogo

Os dois times voltam a jogar pelo Brasileiro apenas no próximo final de semana, com o Fortaleza recebendo o Juventude no sábado (28) no Castelão e o Fluminense fazendo clássico com o Flamengo no Maracanã no domingo (29). Mas antes as duas equipes jogam pelas competições sul-americanas.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA